Como otimizar o WordPress: 5 passos simples

Você quer que seu site em WordPress carregue mais rápido ou pare de dar erro com picos de tráfego? Então, esse post é pra você. Vamos mostrar como otimizar o WordPress em 4 passos simples.

O que fazer pra otimizar o WordPress?

O WordPress é o CMS mais utilizado em todo o mundo e isso facilita muito a vida, pois existem plugins para toda e qualquer função que você imaginar.

Hoje em dia é extremamente importante ter um site com códigos otimizados e alocado em servidores especializados em WordPress , assim vai garantir que seu site tenha um melhor desempenho.

Veja abaixo como otimizar o WordPress com 4 passos simples.

1. Plugin de cache

Sempre que um usuário acessar o seu site, uma nova requisição no servidor é realizada, bem como recursos são utilizados. Uma maneira de poupar os recursos do seu servidor e acelerar o carregamento da página é instalar um plugin de cache, que irá criar uma cópia da sua página.

Recomendamos o plugin LiteSpeed Cache, que funciona de forma conjunta com servidores que utilizam servidor Litespeed Web, que por natureza já é mais rápido em comparação ao Apache e garante um desempenho ainda melhor. Se a sua hospedagem não possui Litespeed, poderá utilizar o WP Super Cache.

2. Otimização de Imagens

Apesar de posts com imagens chamarem mais atenção dos leitores, isso pode ser um problema no tempo de carregamento do seu site. Mas a boa notícia é que podemos otimizar todas as imagens em seu site, sem perder a qualidade.

Recomendamos o plugin Smush, possui versão gratuita e paga, vai depender da sua necessidade.

3. Versão de PHP

Na maioria dos sites em WordPress infelizmente ainda utilizam versões de PHP antigas ou obsoletas. A versão mais atualizada do PHP é a 7.4, portanto, recomendamos que você atualize pra ontem, caso utilize abaixo de 7.0.

Como atualizar a versão do PHP em minha hospedagem?

Acesse o painel de controle da sua hospedagem, a maioria é cPanel. Dentro do painel procure pela a opção PHP Selector e escolha a versão 7.4.

PS: Uma dica valiosa é ativar a extensão Opcache. Ele aumenta a performance de execução de código php, guardando um cache compartilhado.

4. Servidores Especializados WordPress

Algumas hospedagens já oferecem servidores otimizados para WordPress, que possui configurações específicas, que ajuda na performance do seu site.

Nesse blog utilizo a Nuvem Hospedagem, que conta com servidores 100% otimizados para WordPress, além disso são alocados no Brasil, o que trás um carregamento mais rápido para o seu site poderá diminuir a taxa de rejeição.

5. Configure uma CDN

A CDN funciona como uma rede de servidores, que sempre irá armazenar uma cópia do seu site recente em milhares de servidores espalhados ao redor do mundo.

Quando um visitante acessar o seu site, irá abrir esse cache (copia) de um servidor mais próximo dele, dessa forma, o seu site irá abrir bem mais rápido, além de poupar os recursos do seu servidor de hospedagem.

Conclusão

Em conclusão, ter um site não é apenas criar posts e imagens bonitas, é preciso ter um cuidado com alguns detalhes técnicos, para garantir a segurança e performance do seu site.

Quando seu site tem um tempo de carregamento baixo, consequentemente irá diminuir a sua taxa de rejeição. Depois que aplicar todas as dicas acima, garantimos que o seu site irá abrir bem mais rápido.