Chile,  Santiago

O que fazer em Santiago

Santiago é a capital do Chile, uma cidade grande, na minha humilde opnião é um lugar seguro e o transporte público funciona muito bem. Então, você poderá utilizar Metro  +  Bus para se deslocar por lá facilmente. O aplicativo Uber é uma mão na roda, visto que táxis lá não são tão confiáveis – Infelizmente eles cobram um valor muito alto de turistas 🙁

Por lá você pode fazer vários passeios por conta própria, sem ficar preso à agência e fazer tudo correndo.

Dica: Ao chegar em Santiago, procure uma loja da operadora WOW – Você pode pedir um chip FREE e colocar crédito para usar a internet 😉  

Qual moeda levar: Não troque o dinheiro no Brasil, compensa muito mais trocar lá no Chile, o que mais tem por lá é casa de câmbio. Leve REAL. No aeroporto você pode trocar uma pequena quantidade para pegar um táxi ou comer um lanche, mas vale muito mais a pena pegar uma Van/Bus para chegar no centro ou Uber.

Aeroporto/Centro: Quando chegar no aeroporto você poderpa ir até o centro ou seu hotel via táxi/Uber, Van ou ônibus. A opção mais econômica se você estiver sozinho é pegar um ônibus, mas se estiver de casal ou turma, vale a pena um Uber ;). O trajeto leva em média 45 minutos. Existem duas empresas de ônibus que fazer aero/centro, são  TurBus e  Centropuerto. Por lá tem umas vans que te deixam no hótel também, fica por 6 mil pesos chilenos por pessoa.

  • Assim que você sair do aeroporto muitos táxistas irão te abordar, inclusive vários brasileiros, mas não se preocupe, lá fora você terá várias opções mais em conta. Mesmo se optar por um táxi, vá até o ambiente aberto e peça um desconto, afinal, quem não chora não mama não é mesmo?! 

O que fazer: No centro de Santiago, você poderá conhecer os principais pontos da cidade: Plaza de Armas, Palácio de La Moneda, Cerro Santa Lucía, Patio Bela Vista, Mercado Central, Cerro San Cristóbal, Parque Arauco + Restaurante Giratório.

Quando tempo ficar: O ideal é ficar em Santiago por uns 5 dias, assim você conhece todos os lugares com calma e sem pressa. Reserve 2 dias para a região central de Santiago, 1 dia para Vinã del Mar e Valparaiso, 1 dia para Cajon del Malpo e 1 para o Vale Nevado + Costanera Shopping. Os passeios que não ficam na aréa central de Santiago, você pode fazer bate e volta, sair cedinho e voltar no final do dia. Sugiro visitar o patio Bela Vista no final da tarde ou a noite, é um local cheio de barzinhos, excelente para um happy hour.

Dica 2: Os bares dentro do pátio bela vista são mais caros, ao redor do pátio tem excelentes bares e com preço mais atraente. Se você gosta de vinho ou uma cerva, tome uma por lá para conhecer e depois caso queira estender, dê uma volta para conhecer os outros e economizar uns pesos chilenos.

Aos redores de Santiago você pode conhecer lugares incriveís como: Viña del Mar e Valparaiso | Cajon del Malpo | Isla Negra | Vale Nevado.

Para visitar as cidades de Viña del Mar e Valparaiso, você também não irá precisar de agência, se estiver com GPS no celular, você chega lá tranquilamente e curte as cidades de acordo com seu gosto e tempo.

Como ir até Vinã del Mar & Valparaiso:

Em Santiago, vá até o terminal ALAMEDA ( Coloca ai no Google Maps que não tem erro). Lá no terminal procure um guichê de ônibus, várias empresas fazem o trajeto Santiago -> Viña del Mar. Sempre fiz com a empresa  Turbus e os ônibus são bem confortáveis, apesar da viagem ser curta – 1h30min. O valor da passagem fica por 3 mil pesos chilenos ~ em média R$ 18,00.

Dica 3: Se você comprar ida + volta fica mais barato do que comprar separado. Você pode comprar a volta com horário em branco, assim você não precisa ter pressa. Quando acabar seu passeio, chegue no terminal de Viña del Mar e troque a passagem no guichê. Você poderá embarcar no próximo ônibus que tenha vaga. Geralmente tem bus de 15 em 15 minutos. Ah! Alguns tem sinal de wi-fi funcionando ?

Entre Viña del Mar e Valparaíso você pode optar por ir de Metro ou Ônibus, a melhor opção é ônibus, pois você não precisa comprar o cartão do metro, já que irá utilizar apenas uma vez. O ônibus você pode pagar com moedas e é super fácil. Tem ônibus a todo momento, na verdade são micro-ônibus – E eles dirigem como loucos, mas fique tranquilo, você chegará vivo.

Se você gosta de cultura e história, sugiro visitar Isla Negra – Você pode ir tranquilamente sozinho e sem agências. Lá tem o museu do Pablo Neruda – Era a sua casa de praia e considerada a mais importante e com o mais rico acervo sobre o poeta.

Como ir até Vale Nevado:

Esse é um passeio que não indico fazer por conta própria, pois a estrada possui MUITAS curvas e no frio tem muita neve. O ideal é contratar alguma agência que faça o passeio, é mais seguro, pois já tem experiência. Quando fui ao Vale Nevado, a agência que contratei me levou para alugar as roupas, você passa em um local antes de iniciar a subida, escolhe seu look e depois segue caminho. Na época aluguel a jaqueta, calça e bota, mas caso você queria economizar uma grana, da tranquilamente pra ir somente com a calça ( pra não molhar o bumbum bricando na neve) e a bota ( pra não cair por lá). Se optar por alugar somente a calça + bota, lembre-se de ir com blusa térmica, ok?

Lá no Vale Nevado tem um restaurante, que por sinal tem uma vista linda, mas os preços são bem ALTOS, por isso entrei e tomei apenas uma cerveja chilena para experimentar e apreciar a vista. Ah! carreguei meu celular por lá também né hahahaha. Lá o meu sinal de celular funcionou perfeitamente.

Dica: Se você é um viajante ecônomico, leve um lanchinho na mochila ou uns scnackers, tudo lá em cima é bem caro, pois é um ponto totalmente turístico.  

Como ir até Cerro San Cistóbal:
Você pode ir de Uber ou Metrô, caso opte por Metrô, a estação mais próxima da entrada é a Baquedano. Após descer na estação, atrevesse a Plaza Itália e caminhe até o final da rua Pio Nono, nº 450. Você pode optar por subir de Funicular ou a pé. Por lá também tem um passeio de teleférico, vale a pena 🙂 Tem uma vista linda de toda a cidade de Santiago e poderá ver as cordilheiras.

Depois de fazer um passeio pelo Cerro, vá até o Pátio Bela Vista e aproveite o happy hour por lá, já que estará bem perto. Outra opção é ir ao Giratório almoçar e ter uma bela vista de Santiago. 

 

Plaza das Armas:

É um dos principais pontos turísticos no centro de Santiago. No dia a dia é bem movimentada. Por lá tem várias esculturas, fontes, Catedral Metropolitana e o Museo Histórico Nacional. Opte por conhecer o lugares centrais de Santiago + ver um por do sol lindo no cerro Santa Luzia. 

Plaza das Armas | Foto: Bug Planet, via Wikimedia Commons.

Fotos Cerro Santa Luzia:

Restaurante Giratório: Nada mais é que um restaurante que fica em um prédio em Santiago e vai girando enquanto você esta lá. Você terá uma vista linda da cidade, fui no almoço, mas dizem que a vista à noite também é linda. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *